Açores e a Macaronésia: terras de degredo político em 1930.

Finito, mês e meio de análise às fontes e síntese de mais de 50 páginas, a 16. Agora, segue para publicação pelo CHAM…
“[…] Açores e a Macaronésia: terras de degredo político em 1930.
(…) na ilha de São Nicolau, no arquipélago de Cabo Verde, existira já um campo de concentração. Durou poucos meses. Os prisioneiros da Revolução da Madeira (e Açores), em 1931 eram na sua maioria oficiais do Exército. O governo fixou residência a uns, em localidades das ilhas, concedeu-lhes subsídios e permitiu a outros que regressassem à Metrópole ou partissem para o exílio (…)]”

No photo description available.
Comments

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL