COVID A CALAR LIBERDADES DIZ ONU

A alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos disse esta terça-feira que a Covid-19 tem sido usada para silenciar a liberdade de expressão, discursando no Conselho de Direitos Humanos, em Genebra, durante a atualização global sobre direitos humanos e o impacto da pandemia.

Michelle Bachelet mencionou em particular o Brasil e os EUA, assim como a o Belarus, o Burundi, a Nicarágua, a Tanzânia e a China.

Para alta comissária para os Direitos Humanos, pandemia ameaça paz e desenvolvimento; Michelle Bachelet disse que discriminação mata no combate ao coronavírus; OMS confirmou que número oficial de mortes na pandemia ultpassa 500 mil.

NEWS.UN.ORG
Para alta comissária para os Direitos Humanos, pandemia ameaça paz e desenvolvimento; Michelle Bachelet disse que discriminação mata no combate ao coronavírus; OMS confirmou que número oficial de mortes na pandemia ultpassa 500 mil.
Please follow and like us:

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.