covid não saiu do laboratório

NÃO, VÍRUS NÃO FOI FABRICADO EM LABORATÓRIO

É falsa notícia que o vírus foi fabricado em laboratório em Wuhan

FAKE NEWS
É verdade que o coronavírus saiu de um laboratório em Wuhan, como diz Luc Montagnier, vencedor do Nobel de Medicina em 2008 pelo descobrimento do vírus HIV causador da AIDS?

Desde o início de abril, têm se disseminado notícias falsas afirmando que o novo coronavírus, o Sars-CoV-2,teria sido criado no Laboratório Nacional de Biossegurança nível 4 de Wuhan como arma biológica.

Até o momento, não foram apresentadas provas para a hipótese de que o vírus tenha sido criado em laboratório, para qualquer finalidade.

As evidências levantadas por especialistas e embasadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam para a origem silvestre do coronavírus, que teria saltado de morcegos para pangolins antes de passar a infectar seres humanos.

Estudos encontraram alta semelhança genética entre os coronavírus desses animais e o Sars-CoV-2. Para os especialistas, essa semelhança só pode ser ação da seleção natural, e não da engenharia genética.

Luc Montagnier, que em 2008 foi um dos laureados do Prêmio Nobel pela descoberta, na década de 1980, do vírus HIV, afirmou que o vírus havia sido fabricado por engenharia genética no laboratório de Wuhan, dizendo que desde a década de 2000 os pesquisadores de lá tinham experiência no assunto.

Ele amparou suas afirmações na semelhança que há entre o material genético do Sars-CoV-2 e o do HIV como prova de que o novo coronavírus fabricado. Essa argumentação, porém, já foi desmentida por cientistas.

O biólogo e virologista Atila Iamarino explicou que os trechos do RNA do Sars-CoV-2 semelhantes ao do vírus HIV são muito pequenos e genéricos e, quando analisados em um banco de dados de DNA, são idênticos a muitos outros vírus e organismos, afastando a hipótese de manipulação.

Segundo o biólogo, na comparação do Sars-CoV-2 com outros coronavírus -humanos e de animais silvestres- esses trechos também se repetem, o que evidencia que o vírus não foi fabricado em laboratório.

Para Carlos Menck, virologista e professor do Departamento de Microbiologia do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, o novo coronavírus parece ser um vírus no qual as mutações simples ocorrem mais facilmente. Isso explicaria o processo de spillover, isto é, quando um vírus salta de um animal para outro e passa a infectar o novo hospedeiro.

Iamarino afirma que esse conjunto de evidências refutaria qualquer hipótese de que o vírus Sars-CoV-2 foi produzido para ser usado como arma biológica. (Ana Bottallo)

Image may contain: outdoor

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL