baixa o QI e empobrece-se a linguagem…

A tese ainda está em debate há quase quarenta anos, ainda sem consenso na comuinidade científica: o nível de inteligência medido pelos testes de QI está em queda nos países mais desenvolvidos, para o que contibui uma infinidade de fatores.

Concomitantemente à diminuição da inteligência, assiste-se ao empobrecimento da linguagem das pessoas… a que não é alheio, obviamente, o uso das redes sociais e da escrita desmazelada do SMS.

L’effet de Flynn du nom de son concepteur, a prévalu jusque dans les année 1960. Son principe est que le Quotient Intellectuel (QI) moyen ne cesse d’augmenter dans la population. Or depuis les années 1980, les chercheurs en sciences cognitives semblent partager le constat d’une inversion de…

Please follow and like us:

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL