espionagem australiana e timor

Paulo Casaca

28 mins

Shared via AddThis

Bernard Collaery, antigo procurador da capital australiana (Canberra), advogado e lançador de avisos, protagonista central na denúncia do caso de espionagem australiana às autoridades de Timor Leste de 2004 (que permitiu às autoridades australianas torpedear os direitos timorenses na repartição dos direitos aos recursos naturais) enfrenta agora o Tribunal.
Este drama que se desenrola há 15 anos tem sido alvo de um ensurdecedor silêncio por parte da imprensa portuguesa. Porque será?
Mas enquanto este verdadeiro lançador de avisos é remetido ao silêncio, no nosso país premeiam-se falsos ‘lançadores de alerta’. Porque será?
Terá algo a ver com protagonistas centrais numa história e noutra? E terá a ver com a cultura da imprensa portuguesa virada para fazer recados e encomendas ou servir de câmara de eco, mas raramente para fazer investigação independente e informada?

Please follow and like us:
error