Imigrar para um país nunca é um direito mas sim um privilégio

For my Portuguese friends: Imigrar para um país nunca é um direito mas sim um privilégio. A acompanhar esse privilégio está a responsabilidade de integração na sociedade que acolhe a pessoa, em termos de leis, educação, língua e cultura. Uma pessoa que recuse a integração – seja qual for a justificação – está a violar este contrato implícito de responsabilidade e a conceder à sociedade o direito de a expulsar para ser devolvida à sua origem. Como aliás os países de cultura/religião muçulmana fazem com prontidão, se não prenderem e/ou maltratarem a pessoa.

VISAO.SAPO.PT
Um grupo de mulheres mergulhou numa piscina pública com burquíni, em desafio à lei que o proíbe. O protesto foi, segundo as ativistas, motivado pelo exemplo de Rosa Parks, a mulher negra que em 1955, e também contra a lei, recusou ceder o lugar no autocarro a um homem branco
Please follow and like us:
error