Vídeo mostra a fúria de uma passageira da TAP quando lhe disseram que não havia Pepsi

Um voo entre Lisboa e Málaga ficou marcado por episódio insólito depois de uma mulher que aparentava estar alcoolizada perceber que não havia Pepsi.

Source: Vídeo mostra a fúria de uma passageira da TAP quando lhe disseram que não havia Pepsi

https://sol.sapo.pt/artigo/651817/video-mostra-a-f-ria-de-uma-passageira-da-tap-quando-lhe-disseram-que-nao-havia-pepsi

conhece a lenda do cativo de Belmonte?

 

a única pintura existe em PDL no Museu Carlos Machado (reprodução proibida)

século XVII [Atribuição]

Pintura sobre tábua, proveniente do Convento da Ordem Feminina de S. Francisco (Clarissas), de Ponta Delgada, e de invocação a Santo André. Mosteiro fundado em 1567, e que subsistiu até 1895, data do óbito da sua última Freira.

Pintura a óleo sobre tábua, de média dimensão, representando a lenda do Cativo de Belmonte (ident. Victor Serrão em 2009) Do lado direito, e em primeiro plano, uma caixa/arca de madeira aberta, de onde emerge, ajoelhado, a figura do “cativo” em prece à Virgem representada ao centro na parte superior, sentada, coroada, envolta em radiação circundada por uma nuvem. A figura do cativo – identificada pelas grilhetas nos pulsos e a corrente pendente do pescoço – está representada de mãos postas, com um traje vermelho, o rosto barbado, cabelo castanho e dirige o olhar ao alto, para a Virgem. Do lado esquerdo, jazem adormecidos junto à caixa, um ancião, armado com uma espada (sabre?) e um cão. Ainda do lado esquerdo e em segundo plano, um galo e ao fundo uma igreja com os telhados vermelhos e a sua torre sineira. A obra executada sobre três grossas tábuas de madeira de…(?) [com marcas visíveis dos instrumentos de corte, com preparado branco (visível nos bordos da lacuna,) camada pictórica espessa, com verniz de acabamento bastante escurecido e de aplicação irregular, com escorridos apresentando oxidação. As tábuas, justapostas na vertical, estiveram presas por duas travessas horizontais pregadas no verso, agora em falta. Moldura de madeira purpurinada, simples, de perfil em meia cana com rebordo, pregada na frente do suporte.

vão recuperar um dos meus castelos favoritos Monforte

DUZENTOS MIL EUROS PARA TRAVAR A DEGRADAÇÃO
O projeto de requalificação do Castelo de Monforte “prevê realizar uma limpeza da vegetação que impede o acesso ao interior da antiga vila amuralhada e, consequentemente, a visitação de toda a extensa área do antigo povoado”. e “privilegiará a reconstrução de alguns trechos da muralha”.
https://www.diariodetrasosmontes.com/…/intervencao-no-caste…
#castelo #chaves #monforte #vilareal #trasosmontes #drcn

RELHEIRAS EM BASALTO

Relheiras da Ribeira da Areia. Ilha de São Jorge.
Fotografia de Regina Tristão da Cunha.

Relheiras da Ribeira da Areia. Ilha de São Jorge.
Fotografia de Regina Tristão da Cunha.
Vê-se mesmo que esse fenómeno se explica pela passagem sucessiva de carros de bois….
No Pico resultou do transporte de vinho no século XVII-XVIII.
Na Terceira do transporte de lenha para a cidade, desde o povoamento, mas essa só foi Vila no século XV e cidade em meados do século XVI.
Em São Miguel, resultaram do transporte de bens agrícolas.
No Corvo, para ir trabalhar a terra.
E em São Jorge? Para apanhar inhames?

————————-

Carlos Mendes Estas são na Serra do Açor, bem no centro de Portugal…memórias dos tempos e dos nossos antepassados.
Image may contain: tree, plant, outdoor and nature

o Pico por João Gago da Câmara

Herberto Gomes

28 March at 23:00

Mais um artigo do João Gago da Câmara … ilustrado por mais uma foto minha. Uma honra

About This Website

https://visao.sapo.pt/opiniao/2019-03-26-Montanha-do-Pico-o-desafiador-vulcao-adormecido/?fbclid=IwAR27zGs-it0LQHD8-mor0dtwPMWdrriyvlTFlPweYB5UsgYC2GQ6nBLM514

VISAO.SAPO.PT
Embora haja perigos, vale a pena subir o Pico, mas de preferência em grupo e com um guia. Afinal, trata-se do terceiro maior vulcão do Atlântico e do ponto mais alto de Portugal