os meus tremores de terra

CRÓNICA 5, 22/9/2005,

5.1. SISMOS 10 MANHÃ AÇORES, 11 LISBOA, 20 HORAS SYDNEY

Como na véspera alguém dissera, o certo é que é mais perigoso andar de carro nas estradas do continente. O João está mais calmo, ao pé do pai, nesta sua primeira experiência telúrica. A estreia paterna fora já em 28 fevereiro de 1969 no Porto pelas 06.27 da manhã. Depois, perdi-lhe a conta.

estava a estudar na sala de jantar alta madrugada, ao lado de uma cristaleira das antigas cheia de …cristal…..que começou a tocar uma estranha harmonia dissonante em relação ao candeeiro que ondulava, levantei-me e fui avisar os meus ais que dormiam e bem, e eles responderam que era um elétrico (ainda os havia naquele temo na Rua do Campo Lindo no Porto) ou um autocarro ou um camião, vim à janela e os paralelipipedos dançavam… alertei-os para a dança do candeeiro de teto mas não os convenci…

Em Timor havia tremores todos os dias (entre o 5 e o 7 da escala de Richter), embora só um tenha sido suficiente grande para todos se porem a correr em março de 1974 ou 75. Depois, escapei dos vulcões ativos em Kintamani, Bali (Indonésia) cujas maiores erupções foram em 1927, 1929 e 1947. Estava em Sidney, a 250 km, quando senti o tremor de Newcastle (Austrália) com o grau 5,6 na escala de Richter, 13 mortos e 140 feridos (10:27 28 dezembro 1989), uma cidade centenária que ficou semidestruída. Já anunciaram: “Amanhã não há aulas” havendo a possibilidade de um grande terramoto como acontecera na Terceira em 1980

Please follow and like us:
error

estudos lusófonos no canadá

Luís Aguilar shared a post.
36 mins

Image may contain: 8 people, people smiling, people standing
Teia da Língua Portuguesa

18 hrs

ENTERRO DOS ESTUDOS LUSÓFONOS DA UNIVERSIDADE DE MONTREAL
Eis os nobres liquidatários dos Estudos Lusófonos. Faltam ainda, Joaquim Eusébio que esteve presente, Luís Moura Sobral e Ana Paula Laborinho, a mandante da obra. É de realçar o simbolismo desta cerimónia no dia de tomada de posse de Donald Trump. O início oficial da era da pós-verdade em que tudo se legitima quedando-se a realidade, os factos concretos e a verdade em segundo plano.

Há cerca de 20 anos era aprovado na Universidade de Montreal o curso Estudos Lusófonos, de conteúdo académico com outorgação de diploma. De lá até hoje nenhum outro foi criado no Canadá. Em 1 de maio de 2001, o Dr. Jorge Sampaio, presidente da República viria a colocar a cereja em cima do bolo e a considerar publicamente esta realização como a mais importante que levava da sua visita oficial ao Canadá.

Image may contain: text
Please follow and like us:
error

HERMANO SARAIVA o fascista adorado pós 25 de abril

Carlos Carranca
3 hrs

O discurso exemplarmente fascista de Hermano Saraiva. Um documento essencial para o entendimento da Crise Académica de 69.

About This Website

  • Paulo Drumond Braga Tem toda a razão, Carlos. É incompreensível que tal senhor tenha sido idolatrado depois do 25 de abril e apresentado como historiador, quando na verdade nunca passou de um péssimo divulgador de temas históricos. Um abraço
  • Jose Luis Domenech Bercero Todo o discurso tem um cheirinho de raiva conteúda, tipicamente fascista.
Please follow and like us:
error

chineses interessados no Azibo

DELEGAÇÃO EMPRESARIAL CHINESA AO NORDESTE TRANSMONTANO
“Os produtos mais procurados na China são: o azeite, amêndoa, castanha e carne de porco em carcaça (…).
https://www.diariodetrasosmontes.com/…/empresarios-chineses…
#azibo #macedo #podence #bragança #trasosmontes

DIARIODETRASOSMONTES.COM
Empresários chineses e portugueses mostraram-se hoje interessados no potencial da albufeira do Azibo, distrito de Bragança, para desenvolver relações económicas através da exportação de produtos agroalimentares e a importação de tecnologia, desenvolvendo assim um mecanismo de “economia cir…
Please follow and like us:
error

Quanto perdeu cada português com a introdução do euro? ‘Think Tank’ alemão calcula impacto – O Jornal Económico

Num estudo do think-tank alemão ‘Centre for European Policy’, os economistas Alessandro Gasparotti e Matthias Kullas concluíram que a Alemanha foi o país que mais beneficiou do impacto do euro por habitante. No extremo oposto da tabela, logo atrás de Portugal, estão França e Itália.

Source: Quanto perdeu cada português com a introdução do euro? ‘Think Tank’ alemão calcula impacto – O Jornal Económico

Please follow and like us:
error