É o Deutsche Bank e a banca italiana, estúpidos

Segundo o FMI, o Deutsche Bank é o maior risco sistémico em todo o mundo. As suas ações valem hoje 8% do que valiam em 2007 e caíram 48% só nos últimos 12 meses. Os seguros contra os risco de crédito do banco alemão estão em valores mais altos do que em 2008. Depois de seis anos de uma queda disfarçada, os últimos nove meses foram marcados por escândalos. Descobriu-se que escondeu nove mil milhões de euros em perdas, durante a crise financeira. Em 2015 teve um prejuízo de 6,8 mil milhões , depois de uma condenação por manipulação do Libor ter levado ao pagamento de uma coima de 2,3 mil milhões. A sua subsidiárias nos EUA chumbou no teste anual de stress da Reserva Federal. Os sinais de alarme já tocaram todos e o Brexit piorou a coisa: 19% das suas receitas têm origem no Reino Unido. Esperemos que as nuvens negras que cobrem a banca alemã e italiana se dissipem. Mas não deixa de ser assustador que, com uma bomba relógio em casa, Shauble tenha obrigado a Europa a entreter-se com a destabilização de Portugal. Alguém lhe explique que se a bomba rebentar os limites ao défice não passarão de uma piada de mau gosto. A começar para a Alemanha, que os violará de novo e de novo escapará a sanções

Fonte: É o Deutsche Bank e a banca italiana, estúpidos

Please follow and like us:
error