Olivença notícias

27 November at 22:32

TRADUZIDO, Notícia de 26-Novembro-2015, «Órgãos de Administração e agentes sociais [autóctones] estudam um plano estratégico para a Língua Portuguesa em Olivença» ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO E AGENTES SOCIAIS ESTUDAM UM PLANO ESTRATÉGICO PARA A LÍNGUA PORTUGUESA EM OLIVENÇA Proposta pela associação Além Guadiana, a criação dum plano específico foi bem recebida pelos órgãos de Administração local e regional e pelos representantes dos centros educativos. HOY, OLIVENÇA, 26-novembro-2015 Eva Maria Nevado @hoyolivenza Um encontro levado a cabo graças à iniciativa da Associação para o Fomento da biculturalidade de Olivença (“Além Guadiana”) reuniu, no passado domingo (22-novembro-2015) na Câmara Municipal de Olivença, as administrações local e regional e representantes dos centros educativos oliventinos e de Táliga (aldeia oliventina até 1850, atualmente município independente), em torno duma proposta de elaborar um plano estratégico de elaborar um Plano Estratégico para a Língua Portuguesa em Olivença. O trabalho de conservação e valorização da biculturalidade oliventina que a “Além Guadiana” tem vindo a desenvolver tem um dos seus pontos estratégicos essenciais na língua portuguesa. Com uma ideia “atualmente utópica mas não impossível”, destaca Joaquín Fuentes, presidente da Associação, “trabalha-se com um horizonte de bilinguismo a que se chegará com a colaboração de todos os agentes sociais mas com a Comunidade Educativa como ponto de partida”. Com o objetivo de tornar equivalente a situação do Português nos Centros Educativos e colocar a possibilidade de elaborar um plano linguístico específico para Olivença, as suas aldeias, e Táliga, a partir do qual “todos os colégios [escolas] remem na mesma direção”, convocaram-se o Presidente da Junta da Extremadura, Guilllermo Fernández Vara, o Presidente da Câmara de Olivença, Manuel J. González Andrade, a vereadora da Educação, Isabel Rocha Gomez, e os Conselhos Diretivos do C.E.I.P Francisco Ortiz López, Colégio Sagrado Corazón, Colégio Nuestra Señora de los Santos (Táliga), IES Puente Ajuda e CRA La Raya. Todos eles mostraram a sua disponibilidade e concordância de ideias no sentido de levar o projeto adiante e concordaram em criar uma comissão, no âmbito da qual se reunirão periodicamente Administrações e Centros Educativos, e que iniciará os seus trabalhos no início de 2016. O projeto a desenvolver planeará uma estratégia específica, transversal. não sujeita a pessoas ou interesses económicos específicos, que assegure o ensino da língua portuguesa durante pelo menos 3 ou 4 horas por semana, e com continuidade assegurada desde a Educação Infantil até ao “Bachillerato[Secundário]. Este plano geral específico, que se quer que tenha início no âmbito da Educação, irá progressivamente chegando o empresariado e os aspetos da cidadania em geral, explicam os membros da “Além Guadiana”, para se alcançar um verdadeiro bilinguismo que não seja só um reflexo da biculturalidade que é dada pelo singular passado histórico da cidade [Olivença], mas seja também uma “ferramenta” no presente e no futuro para aqueles que são iniciados desde a mais tenra idade escolar na aprendizagem da língua portuguesa. http://olivenza.hoy.es/noticias/201511/26/administraciones-agentes-sociales-estudian-20151126000616.html

Expresso | Ramos-Horta: “Fui contra a declaração unilateral da independência!”

A 28 de novembro de 1975 a Fretilin declarou unilateralmente a independência de Timor-Leste. Nove dias depois, a ex-colónia portuguesa foi invadida pela Indonésia, para uma brutal ocupação que se prolongou até ao histórico referendo de 1999. 40 anos depois da bandeira de Portugal ter sido arriada de Díli, o Expresso entrevistou em Lisboa o Nobel da Paz, José Ramos-Horta, que foi primeiro-ministro e Presidente da República de Timor-Leste

Fonte: Expresso | Ramos-Horta: “Fui contra a declaração unilateral da independência!”

LIFAU | Tribuna Alentejo

Hoje é mais um dia no calendário do mundo e naquele das nossas vidas. Hoje é mais um dia em que o Sol nasce a oriente e ilumina a terra, transforma os campos escuros, as altas montanhas, que parecem tenebrosas, em subtis cores que deambulam o amarelo, o castanho e o verde, conforme o dia vai progredindo.

Fonte: LIFAU | Tribuna Alentejo

40 anos/Timor-Leste: A crise económica e a carta que deram um lugar a Habibie na história – Jornal do Luxemburgo

Bacharuddin Jusuf Habibie reservou para si um lugar na história de Timor-Leste quando, numa histórica reunião do Conselho de Ministros indonésio de 27 de janeiro de 1999, admitiu pela primeira vez a possibilidade de um referendo aos timorenses. A crise financeira dos tigres asiáticos – grupo constituído por Coreia do Sul, Singapura, Taiwan e Hong

Fonte: 40 anos/Timor-Leste: A crise económica e a carta que deram um lugar a Habibie na história – Jornal do Luxemburgo

General iraniano comandou operação de resgate do piloto do Su-24 russo

A Sputnik obteve os detalhes da operação de resgate do piloto do avião russo abatido pela Turquia e a prova de que o famoso general iraniano está vivo.

Fonte: General iraniano comandou operação de resgate do piloto do Su-24 russo

Rússia tinha razão: ‘Turquia recebe petróleo do Estado Islâmico’

Os ataques aéreos russos à infraestrutura petrolífera jihadista causaram a insatisfação natural da Turquia, que parece ser o principal consumidor de petróleo do EI, de acordo com a imprensa alemã.

Fonte: Rússia tinha razão: ‘Turquia recebe petróleo do Estado Islâmico’

Progresso no ensino do português é lento e enfrenta dificuldades – Especialistas – Portal do Estudante Timor

O ensino do português em Timor-Leste está a avançar lentamente e enfrenta dificuldades a vários níveis, como a falta de adequação dos programas para o ensino e a preparação dos professores, disseram à Lusa dois especialistas na matéria.

Fonte: Progresso no ensino do português é lento e enfrenta dificuldades – Especialistas – Portal do Estudante Timor

Opinião: O conflito russo-otomano e o fim da ordem Europeia | Jornal Diário da Lagoa

As bases do que alguns chamam de ordem europeia foram lançadas em Helsínquia em 1975, década e meia antes do colapso soviético, para o qual contribuíram mais do que qualquer outra coisa. A ata de Helsínquia, assinada por todas as nações europeias – com a exceção da Albânia – foi negociada durante anos e continha dez capítulos cujos títulos são os pilares dessa ordem: (1) Igualdade soberana, quanto aos direitos inerentes à soberania; (2) Abstenção de recorrer à ameaça o ao uso da força; (3) Inviolabilidade das fronteiras; (4) Integridade territorial dos Estados; (5) Resolução de diferendos por meios pacíficos (6) Não ingerência nos assuntos internos de outros Estados; (7) Respeito pelos direitos humanos e liberdades fundamentais; (8) Igualdade de direitos e Direito à autodeterminação dos povos; (9) Cooperação entre Estados e (10) Comprimento de boa-fé das obrigações do direito internacional. Como todas as ordens esta tinha fragilidades, a mais óbvia das quais – que era inteiramente

Fonte: Opinião: O conflito russo-otomano e o fim da ordem Europeia | Jornal Diário da Lagoa

ZECA MEDEIROS E A FANFARRA DISSONANTE

https://www.youtube.com/watch?v=VfYJ2w_DyMQ&feature=youtu.be

Zeca Medeiros
8 hrs ·
Caros amigos a fanfarra tem estado dissonante. Fazemos votos para que com a maioria de esquerda a fanfarra fique mais afinadinha.
Saudações democráticas abraços.

José Medeiros e Pilar Silvestre – “A Fanfarra Dissonante”
“A Fanfarra Dissonante” (CD “Aprendiz de Feiticeiro-Imagens e Canções”- faixa 07) Letra e música: José Medeiros Trombone: Eduardo Lala Flauta: Gil Alves Clar…
YOUTUBE.COM

Aniversário – Timor-Leste. Uma nação que aprendeu a viver com a independência – Mundo – DN

Em Díli, 40 anos após tornar-se independente de Portugal, é difícil encontrar quem ainda fale a língua (mesmo oficial)

Fonte: Aniversário – Timor-Leste. Uma nação que aprendeu a viver com a independência – Mundo – DN

Expresso | Carlos Miguel. “Sou cigano, não tenho culpa”

O secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, ficou conhecido como o advogado dos ciganos. Nunca recusou quem o procurava para o ouvir como um símbolo, o autarca cigano. Em 2008, então presidente da Câmara de Torres Vedras falou da sua infância ao Expresso, contou o que sentiu quando se viu afastado apenas por ser filho de quem era. Republicamos o seu depoimento na primeira pessoa

Fonte: Expresso | Carlos Miguel. “Sou cigano, não tenho culpa”

Turquía: Prisión para los reporteros turcos que informaron del envío de armas a Siria | Internacional | EL PAÍS

La oposición denuncia que tras la decisión judicial está la mano de Erdogan, que tildó de traidores a los informadores de Cumhuriyet

Fonte: Turquía: Prisión para los reporteros turcos que informaron del envío de armas a Siria | Internacional | EL PAÍS

Casa no padrão europeu é 25% mais barata, resiste a tremores e fica pronta em apenas 6 dias – Engenharia é:

Compartilhe agora no WhatsAppJá pensou em uma casa capaz de resistir a tremores de 9 graus na escala Richter e a ventos de 300 km/? A ideia de projeto da casa é como qualquer outro projeto, porém, o que chama atenção é a forma como a construção é desenvolvida. Com padrão […]

Fonte: Casa no padrão europeu é 25% mais barata, resiste a tremores e fica pronta em apenas 6 dias – Engenharia é:

Fim dos exames do 4.º ano: as crianças andaram três anos a treinar “para nada”? – PÚBLICO

A maioria parlamentar de esquerda deverá pôr fim às provas nacionais de fim do 1.º ciclo nesta sexta-feira. Um balde de água fria para algumas crianças, a quem pais e professores convenceram de que elas eram importantes.

Fonte: Fim dos exames do 4.º ano: as crianças andaram três anos a treinar “para nada”? – PÚBLICO